CAMPANHA NACIONAL DE COMBATE À PEDOFILIA NA INTERNET

INFÂNCIA PERDIDA

Video do Globo Repórter... fiquei sem palavras... :(

Texto por Anderson e Roseane Miranda
06 de abril de 2011

Comportamentos que podem indicar abuso sexual

Humor e sono - Apresentar alterações no humor e pesadelos
Urinar na cama - Voltar a urinar na cama
Agressividade - Apresentar comportamento agressivo
Apetite - Resistência em se alimentar
Medo - Resistência em ficar na presença de muitas pessoas e medo
Escola - Baixo índice de aproveitamento escolar
Higiene - Ausência ou excesso de hábitos de higiene com relação ao banho
Fala - Comportamento ou fala muito sexualizado para a idade

Comportamentos e fatos que favorecem o aumento do abuso sexual
Enquanto a educação não é prioridade Senador quer prisão p/ meninos(as) de 13 anos com a redução da maioridade penal http://bit.ly/eoTGBt

irmã Maria Henriqueta recebe ameaças de morte por denunciar abuso sexual de crianças no Pará http://bit.ly/dHqpMj

Enquanto a Europa combate a pedofilia on-line, no Brasil faltam leis para combatê-la http://bit.ly/igOWZR

Formulário de denúncia da Polícia Federal hospedado pela ONG Safernet fica fora do ar no período de carnaval http://glo.bo/evqPXG

Foro Privilegiado - Pleno do TRT votou pela aposentadoria compulsória (R$ 19 Mil/mês) do juiz acusado de pedofilia http://bit.ly/hhabXp

TJ adia decisão sobre juiz acusado de violentar uma criança de 9 anos http://bit.ly/hpw8zA

Impunidade motiva o alto índice de abuso sexual infantil no Pará http://bit.ly/e8wYtZ

Adiado o julgamento de registro do ex-deputado Luiz Sefer (PP-PA) condenado por pedofilia http://glo.bo/hE4mJn

Prefeito acusado de abusar sexualmente de 5 meninas de 7 a 10 anos de idade continua no Poder com apoio do Legislativo http://bit.ly/hlVpg7

Em 3 anos, CPI da Pedofilia recebeu mais de 1 milhão de denúncias e encerra trabalhos sem pedir indiciamentos http://bit.ly/hO01Z6

ONG Safernet não tem "condições satisfatórias" para analisar crimes, diz parecer do MPF/SP http://bit.ly/eyDcvY

Pará sucumbe aos crimes de abuso sexual infantil e relatório final da CPI da Pedofilia não indicia ninguém http://bit.ly/hUKsex

688 crianças com menos de 5 anos de idade sofreram abusos no Pará com a conivência de autoridades, afirma Senador http://bit.ly/e8wYtZ

CPI da Pedofilia não garante proteção as testemunhas que colaboraram com a comissão e que foram expostas na mídia http://bit.ly/g3fpqZ

Prefeito acusado de abusar de 5 crianças é um dos destaques das mais de 300 ocorrências de abuso em Cuiabá http://bit.ly/fmXuGu

CRIME VIRTUAL, VIOLÊNCIA REAL
Por Censura.com.br
30 de novembro de 1998


“Uma seqüência de fotos mostra ela acorrentada sendo violentada. A mão dela está totalmente roxa. Deveria estar há um dia amarrada para ficar nesse estado. A sensação é que a alma daquela criança já não está mais ali”

Estas imagens mudaram a vida de Anderson e Roseane; eles estavam conversando em uma sala de bate-papo quando as imagens surgiram na tela do computador. As imagens mostravam uma menina de 6 anos sendo estuprada. Chocados, criaram em 1998 o site Censura.com.br. Com denúncias na internet, tiveram o apoio da Secretaria Especial de Direitos Humanos (Sedh) do Governo Federal e a adesão de internautas do mundo todo, o site deu origem à Campanha Nacional de Combate à Pedofilia online.

Existe um comércio que alimenta a rede de pornografia infantil on-line onde fotos e videos de crianças são vendidos e chegam a movimentar U$S 5 bilhões por ano no mundo. Também constam dados de uma pesquisa realizada nos EUA, dizendo que de cada 5 crianças que navegam na internet, uma recebeu proposta de um pedófilo, e uma a cada 33 já se comunicou, através de telefone e recebeu dinheiro ou passagem para se encontrar com um criminoso.

“Uma empresa pode abrir um site de pornografia infantil no exterior e cobrar via cartão de crédito o download das fotos. Diversas empresas ligadas ao mercado do sexo anunciam nesses sites, que para manter os “clientes”, contratam especialistas em aliciar, estuprar e fotografar crianças. A pedofilia online alimenta a violência na vida real”

Pais e filhos, inconscientes dos perigos da rede são presas fáceis de pedófilos. Uma criança ingenuamente não identifica um adulto se passando por um amiguinho da mesma idade. Uma dica é: Retirar o computador do quarto da criança, colocar em local onde possa estar vigiando sempre. Olhe sempre o histórico de navegação antes de fechar o computador para saber os passos que seu filho deu dentro da web. Computador no quarto também é veículo para o tráfico da pornografia infantil.

Comentários