Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2011

Mais uma de Silas Malafaia, agora envolvendo 1 milhão e meio!!!!

Imagem
Silas Malafaia pede que fiéis doem R$100 mil para pagar dívida de mais de R$ 1 milhão e meioPublicado por Shaiala Marques (perfil no G+ Social) em 24 de abril de 2011 Tags: 

Dave Wilkinson: Delícia em video

Imagem
--------------------------------

Homofobia na internet é passível de punição

Imagem
Sergio Henke Lutzer, 34 anos, estudante de Engenharia Civil da Universidade de Santa Maria (RS), foi internado no Instituto Psiquiátrico Forense de Porto Alegre preventivamente pela Polícia Federal, por ter perfis homofóbicos e racistas na internet, além de apresentar transtornos psicológicos. Lutzer, que deveria estar cumprindo uma medida de segurança por ter sido condenado por uma tentativa de homicídio, parou de fazer o tratamento e voltou a expressar manifestações de violência. Em razão do perfil potencialmente criminoso, a polícia conseguiu um mandado de busca e apreensão em sua residência. De acordo com delegado Gustavao Schneider, da Polícia Federal, Lutzer resistiu à prisão ao ser abordado por oito agentes. Ele foi encaminhado primeiramente para ao Hospital Universitário de Santa Maria (Husm) e, no sábado, ao Instituto Psiquiátrico. A UFSM suspendeu a matrícula de Sérgio Lutzer no curso. Na ordem judicial consta que ele deve ficar internado por dez dias, mas esse prazo pode ser p…

Beijaço na UFMG no dia 27 de abril

Imagem
Texto: Danillo Costa
Fotos: Reprodução
Cerca de 200 estudantes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) promoveram na manhã desta quarta-feira, 27 , um beijaço para protestar contra a homofobia na instituição.

O ato aconteceu nos jardins da reitoria do campus Pampulha, em Belo Horizonte, e reuniu casais héteros e homossexuais em protesto contra o preconceito com casais do mesmo sexo.

Segundo os organizadores do protesto, as manifestações homofóbicas têm se tornado frequentes na instituição. No dia 2 de abril, durante uma calourada, quatro estudantes homossexuais foram agredidos com tapas, chutes e xingamentos.

“O intuito é chamar a atenção para a sexualidade LGBT, celebrando a diversidade. Exigimos respeito e não aceitamos repressão”, disse o estudante de psicologia Pedro Henrique Queiroz, 21, um dos organizadores.

STF irá decidir sobre união estável gay

Imagem
STF irá decidir sobre união estável gay


O Supremo Tribunal Federal (STF) irá analisar dois processos a respeito da união de pessoas do mesmo sexo. Eles foram incluídos na pauta de julgamentos do Plenário do Supremo Tribunal Federal para a próxima quarta-feira (4). Ambas as demandas são de relatoria do ministro Ayres Britto. A Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4277 fora ajuizada pela Procuradoria-Geral da República, objetivando a declaração de reconhecimento da união entre pessoas do mesmo sexo como entidade familiar.
A procuradoria defende que “se deve extrair diretamente da Constituição de 1988, notadamente dos princípios da dignidade da pessoa humana (artigo 1º, inciso III), da igualdade (artigo 5º, caput), da vedação de discriminações odiosas (artigo 3º, inciso IV), da liberdade (artigo 5º, caput) e da proteção à segurança jurídica, a obrigatoriedade do reconhecimento da união entre pessoas do mesmo sexo como entidade familiar”.
A outra demanda é a Ação de Descumprimento de P…

Mobilização nacional pela união civil de casais homossexuais

Imagem
Entidades preparam mobilização nacional pela união civil de casais homossexuais

Foto: Internet
23/04/2011 - 12h26
Amanda Cieglinski Repórter da Agência Brasil

Brasília - No dia 20 de junho, mais de 200 organizações promoverão uma campanha pelo casamento civil de casais homossexuais. Hoje só é permitido que pessoas do mesmo sexo formalizarem em cartório, por meio de uma escritura, a situação de união. Isso funciona como um contrato. A ideia é que os casais procurem cartórios de todo o país no mesmo dia para pedirem a legalização do casamento civil.

“Queremos mostrar que existe essa discriminação, estamos mobilizando as entidades para que os casais procurem os cartórios e recebam um não”, explica o presidente da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT), Toni Reis. “As pessoas estão casadas, vivendo juntas e não podem usufruir da proteção do Estado”, completa.

Para Reis, o registro de união estável é uma “cidadania pela metade”, uma vez que o estado c…

Venha nos ver neste domingo, 1.º de maio...

Imagem
O preço pode variar no site conforme o tempo passa. Imagem fotografada em 30/01/17.

ÓTIMA CHANCE PARA ADQUIRIR SEU EXEMPLAR DE EM BUSCA DE MIM MESMO
************
NOVIDADE:



A Livraria Cultura surpreendeu-me com uma proposta de contrato para a venda de Em Busca de Mim Mesmo nas livrarias físicas e no site. Fiquei muito feliz, porque segundo a representante comercial da empresa, essa proposta se deu por causa da procura pelo livro nas lojas. Fiquei honrado e fechamos o acordo. Agora, você pode solicitar o seu exemplar de Em Busca de Mim Mesmo numa das lojas da Livraria Cultura (confira abaixo) ou pelo site da empresa.
Adquira o seu agora mesmo e descubra por que tanta gente tem procurado esse livro.


ATUALIZAÇÃO EM 30/01/17.

O livro agora só se encontra disponível no Amazon. A versão impressa se esgotou e não será reimpressa. Você pode ler o livro em qualquer equipamento eletrônico. 

Confira:https://www.amazon.com.br/Busca-Mim-Mesmo-Sergio-Viula-ebook/dp/B00ATT2VRM


Conheça a campanha #Eu Sou Gay e veja quem já está participando

Imagem
Clique no logo abaixo e conheça o site da campanha:

Censo 2010 contabiliza mais de 60 mil casais homossexuais

Imagem
29/04/2011 10h00 - Atualizado em 29/04/2011 10h10 Censo 2010 contabiliza mais de 60 mil casais homossexuais
Resultados preliminares foram divulgados nesta sexta-feira (29), pelo IBGE.
País tem 37,5 milhões de pessoas que vivem com cônjuges do sexo oposto. Carolina Lauriano e Nathália DuarteDo G1, no Rio e em São Paulo imprimir

Suspeitas de espancarem mulher transgêro podem ser acusadas de crime de ódio

Imagem
Foto da agressão: Internet
27 de abril de2011
Promotores estão considerando possíveis acusações de crime de ódio contra as duas mulheres envolvidas no espancamento brutal da mulher transgênero Chrissy Lee Polis de 22 anos de idade num McDonald's da área de Baltimore-area. A polícia prendeu uma garota de 14 anos e uma de 18 anos acusadas de atacar Polis. A garota de 18 anos foi identificada como Teonna Monae Brown. O porta-voz da polícia do condado de Baltimore Tenente Robert McCullough disse que a polícia está trabalhando com o escritório de direito do estado para determinar se outras acusações poderiam ser incluídas. "Geralmente quando se trata de casos que envolvem orientação sexual, raça, religião, etnia de um ponto de vista investigativo, nós abordamos o caso da perspectiva da vítima," disse ele.

Fonte: CBS Tradução: Sergio Viula para o blog Fora do Armário

Igreja americana se recusa a assinar casamentos héteros até legalização do casamento gay

Imagem
26.04.2011 | Texto por Luiz Filipe Tavares Fotos Divulgação
Divulgação/DBCC





Douglas Boulevard Christian Church, em Louisville, Kentucky


Surpreendendo toda a comunidade cristã do estado do Kentucky, no interior dos Estados Unidos, a Douglas Boulevard Christian Church anunciou que não vai mais assinar licenças de casamentos na cidade de Louisville enquanto não houver leis mais flexíveis em relação à legalização do casamento gay no país. Ligada ao grupo protestante Discípulos de Cristo, que reúne quase 700 mil membros nos EUA, a igreja é a primeira da congregação a se manifestar dessa forma sobre o assunto e a decisão de cancelar licenças de casamento foi tomada pelos próprios fieis em assembleia.
A igreja Douglass Boulevard, entretanto, continua realizando cerimônias religiosas de casamento entre pessoas do mesmo sexo e de sexos diferentes. A ação da congregação se limita ao aspecto legal do casamento. Sem a licença da igreja, os fiéis que se casam são obrigados a recorrer aos cartórios civ…

Marta lamenta agressões contra homossexuais

Imagem
Do Blog do Cláudio Nascimento:

Em pronunciamento no Plenário do Senado na tarde desta terça-feira (26), a senadora Marta Suplicy (PT-SP) lamentou a frequência com que pessoas pertencentes à população LGBT vêm sendo agredidas no Brasil. De acordo com Marta, esses atos explicitam “a condição de violência na qual está exposta a parcela da população que decidiu por outra forma de amar diferente da predominante”.

A senadora lembrou que, só em 2010, o fato de amar um igual levou à morte duzentas e sessenta pessoas em todo o Brasil. “Isso comprova que, para além do preconceito e a discriminação no meio familiar e social, as humilhações e os xingamentos, a população LGBT vive em estado de medo da morte”, disse Marta.

Em seu pronunciamento, a senadora lembrou recentes casos de violência que chamaram a atenção pelo requinte de crueldade com que foram praticados. Em dois deles, ocorridos em Itarumã (GO) e Campina Grande (PB), as vítimas foram assassinadas. “Esses não podem ser considerados crimes…

Primeiro político abertamente gay vence eleição

Imagem
April 26th, 2011 Taiga Ishikawa, o primeiro político gay do Japão a ganhar uma eleição, festejou terça-feira o resultado como uma vitória dos direitos das minorias sexuais. “Espero que minha vitória na eleição ajude nossos companheiros por toda a nação a terem esperança de um amanhã, uma vez que muitos deles não conseguem se aceitar, sentem-se solitários e isolados e até cometem suicídio,” disse ele a AFP. Ishikawa, 36, conquistou uma cadeira na assembléia de Tóquio durante as eleições locais de domingo. Antes de sua vitória, nenhum político homossexual assumido ganhou uma eleição no Japão. Ele disse que espera que sua vitória ajude lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros.

Moscou permite a primeira parada gay

Imagem
April 26th, 2011 Moscou autorizou a primeira parada gay da cidade depois de ver manifestações não-autorizadas degenerarem em prisão em massa e condenação ocidental, disseram os organizadores nesta terça. "Depois de cinco anos de luta, recebemos permissão da prefeitura para uma parada gay organizada em 28 de maio," disse a AFP o presidente do GayRussia Nikolai Alexeyev. O evento em Moscou foi autorizado a incluir 500 pessoas, disse o organizador.

Parlamentar ugandense admite retirar a pena de morte do projeto de lei contra os homossexuais

Imagem
By Douglas Stanglin, USA TODAY

CAPTION DAVID BAHATI                         By Ronald Kabuubi, AP










O parlamentar ugandense por trás do projeto de lei está disposto a retirar a pena de morte do projeto de lei.
"A pena de morte é algo de que nos afastamos," diz o parlamentar David Bahati a Associated Press. O legislador de 36 anos diz que seu grupo concordaria se o comitê trabalhando com o projeto de lei quiser abandonar aquela porção. "Muitas pessoas têm expressado preocupação por causa da provisão de pena de morte e tenho certeza de que quando começarem as audiências sobre o projeto de lei, nós ouviremos muitos mais preocupações," diz Bahati. O projeto de lei, que tem atraído a condenação internacional, incluindo do presidente Obama, poderia ir à votação pelo meio de maio, diz ele.