O privilégio de ter uma prima assim

Agradeço a todos os que têm demonstrado seu carinho através de comentários encorajadores


Eu tenho vários primos. Alguns são muito especiais. Isa é uma daquelas primas que conhece a gente desde pequeno, desde bebê. Ela literalmente me pegou no colo. Cresci vendo aquela mulher bonita e charmosa, sempre em forma e muito inteligente frequentando a casa dos meus pais. Adorava ir ao apartamento dos pais dela. Ganhava um monte de coisas para desehar, colorir.


Quando o filho dela nasceu, eu era o primo mais velho. Fernando sempre foi amado por todos. A mãe, pedagoga que sabe o quanto vale a educação, investiu no filho. O pai bem-sucedido na carreira sempre apoiou o filho. Os dois estão aposentados hoje e o filho é promotor com uma carreira muito bem encaminhada.


Essa família linda sempre foi muito amiga. Quando eu saí do armário, muita coisa aconteceu ao meu redor, mas eles sempre continuaram amigos. Sempre ouviram com atenção e carinho o que eu dizia. Quando estamos juntos sempre damos muita risada de coisas do dia-a-dia.


Isa comprou meu livro. Leu. Agora passou para o filho. E o próximo da fila é o marido. Que bom saber que um livro se multiplica na mão de novos leitores. Ela escreveu o seguinte e me emocionou com o que disse:

---------------------------------



Já acabei de ler o teu livro há algum tempo mas só agora, depois que instalamos nosso computador, posso me comunicar nem que seja virtualmente kkkkkk. O livro éstá muito bem escrito e tem uma leitura de fácil compreensão. Aliás, com o conhecimento abrangente que você tem, não poderia ser de outra maneira. Já falei que você é o cara! Para mim foi esclarecedor em vários momentos e também impactante em outros.


O teu livro leva as pessoas a refletirem sobre determinados assuntos, como por exemplo a religião (com o que se concorda ou não, mas... para-se para pensar). É claro que você causará certa polêmica ao abordar determinados assuntos mas o que mais me surpreendeu foi o fato de você expor sua vida com tanta naturalidade e sem falsos pudores.


Estou convicta de que a partir do momento em que você realmente assumiu sua opção sexual se tornou uma pessoa mais feliz, realmente se encontrou. E isso é o que importa. As pessoas precisam aprender a respeitar a opção de cada um. Isso é um fato.

Tenho certeza que o teu livro irá ajudar muitas pessoas que ainda não se encontraram, que vivem infelizes, angustiadas, por não terem a coragem de se assumir. Imagino que deve ser mesmo muito difícil, primeiramente encarar a família, depois os amigos e, por fim, a sociedade. Enfrentem os preconceitos, rompam barreiras (interiores e exteriores), vivam com dignidade, respeitando-se e respeitando os outros, sejam felizes.


Sergio, espero que esse seja o primeiro de uma série . Boa sorte.


O Fernando está lendo o livro e está gostando. Deve entrar em contato contigo.


Até qualquer hora.


Bjos.


-------------------------------------

Obrigado pelo carinho, Isa.


Quem desejar ler outro comentários e saber como adquirir o livro, clique AQUI.


Leia você também e envie suas impressões. ;)

Comentários